domingo, 17 de junho de 2012

Medo

Medo. Respiração ofegante. Medo.
E agora?
Só vejo medo...
...não devia ser assim. Devia?
Só vejo medo.

sábado, 2 de junho de 2012

Banho maria

Água morna pra conservar. Nem frio demais pra afastar. Nem quente demais pra aproximar.<br>
Sem coragem pra dizer não, sem vontade pra dizer sim.
Ferindo aos poucos, bem devagar, com cautela pra não matar. Sem zelo pra não grudar.
Pedaço por pedaço, minando um pouco aqui e acolá. Pra dar tempo de voltar atrás.
Pra ficar com gostinho de quero mais, sem enjoar.
Covardia de apimentar, conforto pra experimentar. Seja quente ou gelado. Mas SEJA! Sem meio termo.