segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Soma Feminina




A maior dificuldade que eu tenho nessa minha vida com certeza é essa coisa, óbvia, de eu ser mulher.Os homens nunca vão entender isso, mas ser mulher dá muito trabalho! Vocês acham que não nos entendem, então, imagine não se entenderem, meus queridos e, poderão imaginar a complexidade dessa garota que vos fala.Nós mulheres temos essa coisa irritante da esperança, é nós somos esperançosas, e não, isso não é bom. Não importa o que seja, não importa o quão impossível, nós acreditamos! Temos esperança que os céus olhem por nós e aconteça em um milagre.Acreditamos que se nós arrumarmos bastante ele vai reparar, que hoje pode não ter reparado, mas amanhã é só pôr aquele esmalte cor de sangue e ele vai notar. Temos também isso do drama, usando o mesmo exemplo, a moça vai lá no salão corta muito o cabelo (as pontas, no máximo três dedinhos...não, queridos, dedo de medida não dedo da mão) e quando o namorado vem ver chora até a última gota de líquido do corpo porque ele não reparou. Detalhe que além do corte mínimo, estava de noite e ela prendeu o cabelo, mas isso não é desculpa, ora! Homem que é homem tem que reparar no dedo mindinho da mulher!É, e agora una essas duas características: esperança + drama.Você sabe que é impossível, sabe que não vai acontecer, mas você tem esperança, sabe que por mínima que possa ser a possibilidade existe e acredita nela como se sua vida dependesse disso. Mas, obviamente, não acontece. É ai que o drama começa: como pode não acontecer? Tinha tudo para dar certo!Não, não tinha nada para dar certo. Havia milhares de coisas que indicavam que era impossível, mas você acredita, tem fé! Mulher brasileira, então...Céus! Sabe aquela coisa do brasileiro não desiste nunca? É, para mulher brasileira é nunca mesmo, porque o bicho insistente! Temos fé no país, nas pessoas, na política (nos políticos!), na família, no casamento, na profissão...e a pior de todas as fés: no homem!Nós não só temos fé neles, como acreditamos, confiamos...temos certeza absoluta que ele é diferente de todos os outros. E é. Cada um é de um jeito...(oh, a esperança ai, minha gente!)É herança, gente! Das mulheres de Atenas, das esposas, filhas, irmãs e mães de guerreiros e soldados. Que esperavam sempre que seus homens voltassem inteiros...é, continua no dna!Agora faça a conta: esperança + drama + fé + insistência + tpm + pecado original e origem da sabedoria (assunto para outro post) + manter se no salto, com as unhas feitas, cabelo bem cuidado, pêlos depilados + ser boa mãe, profissional, esposa, dona de casa + a dor de cabeça que os homens dão.O resultado é simplesmente: mulher, não dá outro, não tem como simplificar mais.Por isso, queridos homens de plantão, dêem nos um descanso, aceitem nossos dramas, entendam nossa esperança, porque somos assim, simples como uma equação de física quântica.

6 comentários:

Alexander disse...

Mulher, mulher,eu sempre tentei, busquei, escutei, mas eu falhei, num consegui entender mas juro eu tentei e ainda tento, acho q estou melhorando, como te disse talvez toda mulher precise de um tempo pra cabeça, homem ou quase todo(eu me retiro desse meio) é praticamente uma maquina, algo como estaah aki e num passe de magica estah ali, parece muitas vezes num demontrar sentimentos, talvez tive uma epoca de homem com H, e nessa hora fiz a pior coisa q podia ter feio...eskeci de alguem.
Como jah te disse, cabeça de mulher é foda, homem nenhum irá entender nunca isso, mas te juro, eu tento, e tento com vontade, apenas é dificil demais.

acho q escrevi demais e ninguem vai ler isso...mas aki estamos, alex versaum 08/09 tentando pensar um pouco mais como a cabeça feminina, mas sem mudar de time...tipo espião, se liga?


hauhauhau

bjo ro.

.... demais

Carol Rodrigues disse...

Ás vezes é bom dar uma limpa nos favoritos antigos
Nem sabia que vc ainda postava =)

me disse...

"Não, não tinha nada para dar certo. Havia milhares de coisas que indicavam que era impossível"

QUASE parei de ler teu post nesse momento. Não quero ouvir isso!

hehehe

Anônimo disse...

O homem também tem das suas, eu levaria o mesmo tanto ou talvez mais palavras que você para tentar nos definir, mas não somos bons em autodefinição. Mas, a falar em autodefinição, foi muito bom ler essa sua postagem, porque, muitas vezes o que falta, por mais óbvia que seja a questão, é justamente o detalhamento, um discurso acerca de algo - no caso, da mulher e de seu quê de (infinita) complexidade. Eu poderia, afinal, dizer que você de repente não falou nenhuma novidade, que já sabia disso de que elas são esperançosas, dramáticas, bipolares e tudo o mais, mas, ainda que soubesse, eu só agora posso dizer que me atentei para tais "detalhes": faltava, justamente, uma mulher que se propusesse a tentar explicar isso, que levantasse o tema e que dispensasse nele algumas palavras.

É por isso que acho que, só agora, consigo entender certas atitudes (e algumas faltas de), mas eu afirmo, e sendo muito sincero ainda que possa estar assim me enganando, que não há nada que preencha melhor o ceticismo, o vazio existencial, a monotonia do universo masculino, do que essas doses de esperança e paciência que as mulheres podem oferecer.

Essa foi a melhor das tuas postagens, sem dúvidas... É bom ver que, mesmo tendo passado algum tempo sem escrever aqui, você consegue manter sua habilidade e seu tato com as palavras sempre numa crescente!

Assim como me desejou parabéns, eu também o faço, com convicção! Até mais!!

Leon K. Nunes disse...

Anônimo?! Que estranho...

Fui eu que fiz o comentário acima... desculpa a gafe cometida na hora da identificação...

No mais... Até a próxima!!

Soma Prescription Information disse...

My name is Mary Wells and i would like to show you my personal experience with Soma.

I am 45 years old. Have been on Soma for 1 year now. It seems to have lost its effectiveness to relax the neck spasms somewhat. I get more relief from vicodin.

I have experienced some of these side effects-
I took it for two nights in a row and got up in the middle of the night to go to the bathroom. I fell off the toilet because the soma made me so out of it! I take it occasionally now at bedtime so I can sleep pain-free, and find it very difficult to wake up the next day.

I hope this information will be useful to others,
Mary Wells